Jantar Solidário

Atendemos todas as segundas-feiras 120 pessoas que estão vulneráveis as ruas.Oferecemos jantar, roupas, ouvimos as suas histórias e fazemos, quando possível, algumas orientações.

Cada pessoa que ouvimos tem uma história para contar. São pessoas abandonadas pela família, portadores de doença mental, problemas com álcool e drogas, problemas com moradia, ou que chegaram ao Estado em busca de melhores condições de trabalho e se viram desamparados. Entre outras histórias.

Muitas pessoas têm preconceitos sobre os moradores de rua e os motivos de estarem desabrigados. Por exemplo, algumas pessoas pensam que moradores de rua só estão nessa situação porque fizeram escolhas ruins na vida. Isso é, na maioria das vezes, mentira.

O Crescente número de pessoas em situação de rua é de responsabilidade de todos, um reflexo de nossa sociedade e da forma como agimos com os nossos semelhantes. Às vezes pessoas desabrigadas podem se sentir tão sozinhas que quando alguém fala com elas, elas se sentem completamente gratos e se sentem muito felizes.

Quero Somar!

Existem diversas formas de ajudar, encontre a sua.